sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Panquecas americanas


Quando comecei as aulas de inglês, o Alexandre me deu um livro para incentivar. É "Not just hamburger: aprenda inglês com as melhores receitas da cozinha americana", de Virginia Klie. As famosas panquecas são diferentes das nossas, que nos EUA eles chamam de crepes. Elas são altas e levam fermento na massa. Podem ser consumidas puras ou com mel, geléias, cremes... Eu servi, no café da manhã, com um creminho de chocolate (brigadeiro antes do ponto).

Ingredientes:
1 1/2 xícara de farinha peneirada (eu tenho preguiça, não peneiro nunca)

1 colher de chá de sal

3 colheres de sopa de açúcar
1 3/4 colher de chá de fermento químico para bolo
2 ovos

1 copo de leite

3 colheres de sopa de manteiga derretida

Modo de fazer:

1. Em uma tigela, mistures os ingredientes secos.
2. Em outra tigela, bata levemente os ovos, adicione o leite e a manteiga.

3. Misture esse líquido aos ingredientes secos e mexa rapidamente com uma colher apenas o suficiente para umedecer os ingredie
ntes secos. A massa vai ficar empelotada, mas é isso mesmo. Não bata demais.
4. Unte uma chapa de ferro ou frigideira com um pouco de manteiga em fogo médio e deixe aquecer.
5. Coloque colheradas da massa na chapa, formando um círculo. Quando se formarem bolhas na superfície, vire a panqueca. Deixe mais um minuto ou dois, até fi
car dourada. Sirva quente.

Dica:
o livro é bem interessantes, além de receitas, traz glossário de ingredientes e notas técnicas. Nestas, e
stá a explicação para não bater demais a massa, apenas misturar os ingredientes. Ao misturar massa de muffins, panquecas e waffles, deve-se fazê-lo com leveza, brevemente, mesmo que esteja empelotada. Bater demais causa o desenvolvimento do glúten da farinha, o que torna o produto final massudo e pesado.

4 comentários:

BV disse...

Rosane, o que é isso? Que coisa boa!!!! Fazia muito tempo que não comia estas panquecas. Estava dando uma conferida no teu blog quando descobri esta receita. Ainda ontem fiz e não preciso dizer que hoje já não tem mais. Minha filha, praticamente, jantou as tais panquecas só deixando uma para hoje - esta já reservada somente para ela. Essa receita me lembra ons momentos vividos com minha irmã. Sempre quando tomávamos café juntas tinha este doce. Muito bom, muito bom, meeeesmo.

T�ssia Borochedes disse...

Oi Rosane!

Fiz as panquecas duas vezes no final de semana, ficaram deliciosas, mas não ficaram doces. Mesmo usando manteiga sem sal e aumentando um pouquinho o açúcar, a massa ficou salgada. Não sei o que houve. Mas ficou muito boa mesmo assim.
Bjus

Rosane Vargas disse...

Betina, a tua já está com uma postagem especial, com fotinho e tudo. E obrigada pela receita da cobertura.

Tássia, a massa não fica mesmo muito doce. Tu podes reduzir um pouco o sal, acho que é melhor do que aumentar o açúcar.

bjs.

Lynn disse...

Fiz agora a noite e ficaram ótimas. Dividi massa e duas: uma doce e uma salgada. Coloquei sal e queijo ralado na salgada e açúcar e baunilha na doce. Muito bom, obrigada!!!!