terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Salada romana

Como esta salada com freqüência em um restaurante de shopping aqui de Porto Alegre, a Petiskeira. É ótima para refrescar, por isso eu a escolhi para participar do Rei da Quinzena do Colher de Tacho.

Ingredientes:
folhas alface americana (se não tiver, serve outra)
damascos secos cortados em tiras
queijo gran padano ralado ou cortado em pedaços maiores, como eu prefiro (também dá para usar parmesão)
azeite de oliva
sal

Modo de fazer:
1. Rasgue as folhas de alface com as mãos, acrescente os outros ingredientes e regue com azeite.
Bom apetite!

sábado, 26 de janeiro de 2008

Pastéis de atum

Pastel no lanche da tarde, quem resiste? Nessas horas, esquecem-se a dieta, o colesterol, etc. etc. A minha dica é prática, pois a massa é comprada pronta.

Ingredientes:
1 pacote de massa fresca para pastel

recheio

óleo para fritar


Ingredientes do recheio:
2 latas de atum escorrido (pode ser atum em água ou em óleo)
1 colher de óleo

1 cebola pequena picada
1 tomate sem sementes picado
1/2 xícara de ervilha (usei congelada, mas pode ser em lata)
2 colheres de sopa de farinha de rosca
2 ovos cozidos e picados

sal, pimenta-do-reino e salsinha picada a gosto


Modo de fazer:

1. Doure a cebola no azeite e junte o tomate.

2. Quando estiverem um pouquinho murchos (bem pouquinho), junte a ervilha (se usar a congelada, coloque congelada mesmo).

3. Mexa um pouco e acrescente o atum.
4. Jogue na panela o sal e a pimenta e deixe levantar fervura.
5. Misture a farinha de rosca e mexa bem.
6. Acrescente a salsinha, mexa por uns dois minutos e desligue.
6. Por último, junte os ovos picados.
7. Deixe esfriar, recheie e feche os os pastéis.
8. Frite em óleo quente.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Panquecas americanas da Betina

A Betina e o Leandro formam um casal muito querido. Entre várias coisas em comum, temos o gosto pela boa comida (bebida, etc.), embora ele agora esteja um chato de regime e só coma maçãs.
Quando a Betina visita a irmã, que mora no Havaí, as panquecas não podem faltar no café da manhã.
Fiquei contente quanto ela fez a receita que postei aqui e disse que ficou igual à da mana. A partir daí, faz as panquecas com freqüência. Em umas dessas vezes, foi muito fofa e mandou uma provinha pra mim. Ela acrescentou essência de baunilha à massa e usou como cobertura a meleca de nega maluca.
Adorei, Betina. Sempre que fizer, pode mandar. E estou esperando aquela receita de frango na cerveja.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Meleca de nega maluca no microondas

Esta "meleca" é uma cobertura versátil e pode ser usadas em várias receitas.

Ingredientes:
4 colheres de leite
1/4 xícara de cacau em pó
1 colher de manteiga
1 xícara de chá de açúcar (eu uso o mascavo; neste caso, é bom peneirar)

Modo de fazer:
1.
Misture os ingredientes e leve ao microondas por 2 minutos, tire e mexa, microondas por mais 2 minutos.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Pão italiano

No final do ano, meus colegas de trabalho e eu aproveitamos as datas comemorativas para fazer pequenas, divertidas e deliciosas confraternizações. Em uma delas, levei este pão com alguns patês e grissinis (mostrarei depois). A receita é do saite da TV Gazeta. Em vez do fermento fresco, usei o biológico instantâneo, pela praticidade. Também usei farinha orgânica e açúcar mascavo. Ah, e troquei a margarina pela manteiga. Coisa básica.

Ingredientes

1,1kg de farinha de trigo

30g de fermento biológico instantâneo

1 colher de sopa de açúcar mascavo
2 colheres de sopa de manteiga em temperatura ambiente
1 xícara de água morna
2 ovos ligeiramente batidos
1 xícara de leite morno
1 colher de sobremesa de sal (ou quanto baste)


Modo de fazer

1. Em um recipiente, misture a farinha (reserve um pouco) e o fermento.
2. Junte o açúcar, a manteiga, os ovos levemente batidos, a água, o sal e o leite. Mexa com as mãos para se agregarem (se necessário, utilize a farinha reservada).
3. Sove sobre uma superfície enfarinhada até obter uma massa lisa. Deixe descansar por aproximadamente 30 minutos (opcional).
4. Abra a massa com as pontas dos dedos e modele no formato de uma bola. Coloque em uma assadeira , não muito larga (a minha tem cerca de 20cm), untada e polvilhada, e deixe dobrar de volume.
5. Leve ao forno preaquecido em 180°C (médio) por 15 a 20 minutos. Depois desse tempo, aumente a temperatura para 200°C e deixe por mais 15 a 20 minutos. Isso fará com que o pão asse por dentro e fique com a crosta que caracteriza o tipo italiano.

sábado, 12 de janeiro de 2008

Quibebe à minha moda

Alguns sabores remetem à infância. Vários marcaram a minha. Quibebe era um prato que a irmã de meu pai sempre fazia. Eu o associo sempre com ela, assim como cucas, pão de aipim e sopa de legumes.
Tínhamos no pátio várias coisas plantadas, entre elas, abóbora-de-pescoço, que eu também conheço como abóbora de doce. Ela é grande, tem uma base arrendada e um "pescoço" longo. É meio adocicada e macia, em um tom laranja bem vivo.
Minha mãe fazia flores de abóbora à milanesa, ficava lindo e delicioso. É claro que não usava todas, pois a finalidade era que ela tivesse abóbora para o doce (que ela adora), que fazia e guardava em vidro para o ano inteiro, e minha tia, para o quibebe.
Quando vi um belo pedaço de abóbora no supermercado, e de cultivo orgânico, não tive dúvida: teríamos quibebe na janta. Não sabia direito como fazer e, na internet, as receitas que encontrei não se assemelhavam muito com a de minhas lembranças. Então, fui pelo instinto, provando, acrescentando, puxando pela memória. Não sei se o de minha tia era assim, mas é dessa maneira que me recordo dos quibebes de minha infância.

Ingredientes:
2 colheres de sopa de azeite
1 cebola picada
850g de abóbora-de-pescoço picada
1/2 xícara de água
2 tomates sem semente picados
1 colher de açúcar mascavo
sal a gosto
3 colheres de farinha de milho
salsinha picada a gosto

Modo de fazer:
1. Aqueça o azeite e refogue nele a cebola rapidamente. Acrescente a abóbora e a água. Cubra a panela para que a abóbora cozinhe. Mexa de vez em quando para não grudar.
2. Quando a abóbora estiver macia, desligue o fogo e amasse com um pilão ou amassador de legumes, na própria panela.
3. Leve o purê (não precisa ficar muito homogêneo) novamente ao fogo e acrescente os tomates, o açúcar e o sal. Deixe ferver.
4. Acrescente a farinha, mexendo rapidamente para não empelotar. Mexa até soltar das laterais da panela. Se ficar muito mole, acrescente mais uma colher de farinha.
5. Junte a salsinha e desligue.

Dica: pode parecer o cúmulo da extravagância, mas comi a sobra no dia seguinte com pão de centeio, fazendo as vezes de patê, e a-do-rei.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Shake diet de morango e hortelã

Enquanto durar a safra de morango, vocês vão ver muito desta frutinha por aqui. Agora, associada à hortelã, que ganhei de meu amigo Nildo (que inveja!, ele diz que tem tanta em casa, que mais parece mato). Os morangos não duram muito, então, é comprar e usar. A hortelã, bem fechada em um saco plástico na geladeira, já está agüentando duas semanas. Esta receita eu tirei do http://www.moo.pt/receitas. Não conhecia o saite. Vale a pena uma visita.

Ingredientes:
2 xícaras de leite desnatado gelado
1 xícara de polpa de morango (eu usei morango in natura gelado)
1 colher de sopa de hortelã
adoçante a gosto

Modo de fazer:
1. Bata todos os ingredientes no liqüidificador e sirva.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Lasanha de camarão

Aproveitei uma oferta de camarões congelados no supermercado. Como eram pequeninhos, não dava para prepará-los à milanesa ou em algum prato em que precisassem fazer uma bela figura. Ficaram esperando pacientemente, no freezer, até que eu tivesse uma inspiração, que veio na forma desta lasanha.

Ingredientes:
250g (meio pacote) de massa – usei a de lasanha fresca que não precisa ser cozida antes, mas pode ser feita com qualquer uma
Molho branco
Molho tomate com camarão
100g de queijo gran padano ou parmesão ralado, de preferência na hora

Ingredientes do molho branco:
2 xícaras de leite
1 colher de sopa de manteiga
1 pitada de noz-moscada ralada na hora
sal a gosto
3 colheres de sopa de farinha de trigo peneirada

Ingredientes do molho de tomate com camarão:
1 colher de sopa de azeite
1 cebola picada
3 tomates italianos picados
sal e pimenta-calabresa a gosto
400g de camarão

Modo de fazer o molho branco:
1. Junte todos os ingrediente e leve ao fogo, mexendo sempre, até ferver. Reserve.

Modo de fazer o molho de tomate com camarão:
1. Refogue a cebola no azeite até ficar transparente.
2. Junte os tomates, refogue por alguns minutos e acrescente o sal e a pimenta.
3. Deixe apurar o molho e junte os camarões (se forem congelados, coloque-os assim mesmo). Ferva por uns 10 minutos. Reserve.

Montagem:
1. Em um refratário, coloque um pouquinho do molho de camarão (somente o líquido).
2. Cubra com uma lâmina de massa de lasanha.
3. Coloque sobre a massa uma camada de molho branco e uma de molho de camarão. Faça isso até acabar a massa.
4. Sobre a última camada de massa, coloque o restante do molho branco e cubra com o queijo. Leve ao forno quente, preaquecido, até dourar.

Dica: se preferir o microondas, asse a lasanha em potência alta, de 12 a 15 minutos.

Massa fresca para lasanha Romena

Foi-se o tempo em que fazer lasanha dava um trabalhão. Eu me lembro da minha mãe cozinhando a massa em um panelão e cuidando para não se queimar, para a massa não se enrolar, não grudar e por aí vai. Há, no mercado, várias marcas de massa que não precisam de cozimento prévio, geralmente são secas.
Para testar, comprei a Romena, uma marca que tem uma massa fresca que vai direto ao forno ou ao microondas. Cozinha muito bem e rápido e é gostosa.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Merengada com morangos e ganache

No Natal, como eu havia comentado, fiquei responsável pelas sobremesas. Fiz duas opções: pavê olho-de-sogra e esta merengada. A sugestão é do "Grande livro de receitas de Claudia".
Eu mudei umas coisinhas. O original era uma merengada com morangos, cerejas e ganache, mas as cerejas não eram consenso. A bebida na ganache era licor de cereja. Eu tinha vinho do Porto, então foi ele mesmo. Importante é que ficou ótimo, lindo, sucesso de público e crítica hehehe.


Ingredientes:

1/2 litro de creme de leite fresco (nata)

100g de açúcar

300g de chocolate meio amargo

1 lata de creme de leite com soro (usei um caixinha de 200g, creme de leite UHT)

1/2 xícara de vinho do Porto
300g de suspiros comprados pr
ontos
1kg de morangos frescos cortados pela metade (reserve alguns inteiros para decorar)

Modo de fazer:
1. Bata o creme de leite fresco na batedeira. Quando começar a engrossar, acrescente o açúcar até ficar em ponto de chantilly (você pega um pouco com uma colher e ele não cai). Se não tiver segurança quanto ao ponto, aconselho a colocar direto o açúcar, sem bater um pouco antes. Eu me distraí e o resultado foi um monte de manteiga doce. Meu sobrinho teve que sair correndo, na véspera de Natal, para encontrar um mercado aberto que tivesse
nata para vender. Reserve.
2. Faça o ganache: derreta o chocolate em banho-maria ou no microondas (deixe 40s, tire e mexa; se não estiver derretido, deixe mais 20s). Junte ao chocolate derretido a caixa de creme de leite e o vinho do Porto. Reserve.
3. Em uma compoteira, saladeira, enfim, alguma coisa bonita e transparente que você tenha em casa, alterne camadas de chantilly, suspiros, morango e ganache. Pode ser feito em um prato raso, daqueles para bolo com pé. Neste caso, vá formando um cone.

4. Decore com os morangos reservados e alguns merengues. Eu também coloquei cerejas frescas. Prepare-se para os aplausos!

Frango assado com ervas e páprica

Geralmente, compro somente o peito de frango. Acho mais saboroso e fácil de preparar. No entanto, há casos em que sobrecoxas são mais adequadas, como neste prato, que vai ao forno. A páprica é o ingrediente especial, pois, além do sabor, empresta uma bela cor à carne.

Ingredientes:
1kg de sobrecoxas de frango sem pele

sal e pimenta-do-reino a gosto
1 xícara de vinho branco seco

6 colheres de sopa de ervas frescas variadas (manjericão, tomilho, alecrim, manjerona, sálvia)

6 dentes de alho amassados
1 colher de sopa de páprica suave (era o que eu tinha, pode ser usada a picante)


Modo de fazer:

1. Misture todos os ingredientes em um vasilha com tampa e deixe marinar por no mínimo uma hora.

2. Coloque o frango em uma assadeira ou prato refratário. Despreze o líquido que se formou na vasilha, mas cuide para não colocar fora os temperos; estes devem envolver as sobrecoxas.

3. Leve o frango ao forno quente, preaquecido, coberto por papel alumínio.
4. Depois de 20 minutos, retire e o papel e deixe terminar de assar. Isso deve demorar mais un 15 ou 20 minutos, depende do forno.

Dica: a marinada pode ser preparada de um dia para o outro. Dessa maneira, a carne vai absorver bem os temperos.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Rigatoni com cenoura, alho-poró e limão

Para quem não abre mão de comer massa, mesmo com esses dias quentes, nada como um molhinho leve e refrescante. O salsão dá um toque especial e eu fiz questão de colocá-lo em destaque, pois é um ingrediente de que gosto muito e geralmente aparece quase escondido nas receitas.

Ingredientes - Rende 2 porções:
200g de rigatoni
4 colheres de sopa de azeite
2 cenouras médias cortadas em tiras
3 talos de alho-poró cortados em tiras (como o tamanho do talo varia muito, use como critério que a quantidade deve ser igual à de cenoura)
suco de 2 limões coado
sal e pimenta-do-reino a gosto
1/2 colher de sobremesa de alecrim
1/2 colher de sobremesa de tomilho (essas duas ervas podem ser usadas secas)

Modo de fazer:
1. O rigatoni deve ser cozido em 2 litros de água com um pouco de sal até ficar al dente.
2. Em uma frigideira, aqueça o azeite, refogue a cenoura por uns 2 minutos, acrescente o alho-poró, o sal e a pimenta, o alecrim e o tomilho e deixe no fogo baixo, mexendo sempre para não grudar, até que estejam levemente cozidos (devem ficar um pouco crocantes).
3. Acrescente o suco de limão e deixe por mais uns 2 minutos. Desligue.
4. Sirva o molho sobre o o rigatoni.

Dica: leve a água para ferver e comece a fazer o molho. Dessa maneira, você não corre o risco de a massa cozinhar antes de o molho estar pronto.