domingo, 12 de abril de 2009

Confraria – Pizza de camarão e abobrinha

Mais uma da Confraria de Páscoa. A massa eu vinha namorando desde que vi a receita da Mari Maluf postada no Frango com Banana. Eu me passei, não prestei atenção e usei a quantidade de água indicada para forno à lenha. Mas gostei muito, então, vai aqui tal qual eu preparei. Outra mudança é que usei fermento biológico instantâneo.

Quanto ao molho... ai... por sorte a Mari Maluf não sabe da existência do Batuque. Li no título do molho a palavra cru. Beleza. Li os ingredientes. OK. Só não li o modo de fazer. Tinha que ralar os tomates, deixar escorrendo meia hora... Como sou muito desorganizada, deixei para preparar quando a massa já estava no forno, os confrades já haviam chegado. Não dava tempo. Fiz um molho cru muuuuito à minha moda. Caso vocês sigam minhas instruções e pensem "que horror!", que fique bem claro: a Mari, que nem conheço, não tem culpa alguma. Que também fique claro: eu achei bem gostoso.

Agora, o restante da cobertura. Ela seria de abobrinha, tomates e queijo, porque vi uma foto de petiscos no livro Claudia Cozinha e achei lindinhos. Em versão gigante, seriam uma ótima cobertura de pizza, por que não? Só que (esta pizza está cheia de "só quês") havia sobrado um pouco de camarão, aquele do recheio dos escondidinhos. Não pensei meia vez, fui de camarão. Agora, chega de blablablá e vamos à pizza.

Ingredientes da massa (rende duas pizzas):
30g de fermento biológico instantâneo
1/3 de xícara de chá de azeite
2 colheres de chá de sal
1 1/2 xícara de chá de água
5 a 6 xícaras de chá de farinha de trigo

Ingredientes do molho cru de tomates:
4 tomates sem sementes cortados em quatro partes
2 colheres de sopa rasas de molho pesto (se não tiver, use folhas de manjericão fresco picadas a gosto; neste caso, acrescente 2 colheres de sopa de azeite de oliva)
sal marinho e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Ingredientes da cobertura (para uma pizza):
1 abobrinha italiana cortada em rodelas
6 a 7 colheres de sopa de molho de camarão
100g de queijo mozarela ralado no ralo grosso
flor de sal a gosto (usei uma da Companhia das Índias, com cogumelos, de que gosto bastante e não é muito cara)

Modo de fazer a massa:
1. Misture o fermento em 5 xícaras de farinha (isso porque talvez você não precise usar a número 6). Adicione à mistura o azeite, o sal e a água aos poucos, mexendo com uma colher até soltar da vasilha.
2. Transfira para uma superfície de pedra ou madeira e sove por 5 minutos ou até obter uma massa lisa e macia. Fica bem macia.
3. Coloque em uma vasilha e unte com azeite. Cubra e deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de volume.
4. Divida a massa em 2 porções e boleie (ou seja, faça uma bola com cada uma delas). Cubra e deixe descansar por 1 hora.
5. Aqueça o forno na temperatura mais alta possível. Enquanto o forno aquece, abra a massa com ajuda de um rolo e fure com um garfo. Unte uma forma com azeite e pré-asse a massa por 8 minutos.

Modo de fazer o molho:
1. Bata todos os ingredientes no liquidificador ou no processador. Está pronto!

Montagem:
1. Cubra uma das pizzas com molho de tomate (pouco, para não ficar muito úmida). Faça com as abobrinhas um desenho circular, seguindo o forma da pizza. No centro, coloque o camarão e, sobre ele, o queijo. Polvilhe as abobrinhas com a flor de sal.
2. Volte a pizza ao forno por 5 minutos, ou o queijo derreter.

Dica: a receita acima é de uma pizza redonda. Com a outra metade da massa, fiz uma retangular, mas esqueci-me de tirar fotos. Foi no improviso mesmo: dourei uns dois dentes de alho, acrescentei meia abobrinha italiana em cubos e uns 300g de cogumelos paris em fatias, mais shoyo e pimenta. Uma rápida refogada e estava pronta. Ufa!

7 comentários:

Fátima disse...

Essa sua pizza improvisada, ficou com um aspecto ótimo, e com certeza vou copiar a receita, com um pouquinho de alcaparras, deve ficar bom também né?

ameixa seca disse...

Que maravilha! Adoro pizza caseira :)

Priscila L. Beneducci Afonso disse...

Rosane prazer conhece-la. Visitei seu blogue até o 1.o post. Amei tudo. Sua cozinha é chique e especial! Cheias de delicias finas. Sabe o susto que eu tomei, foi com sua salada de Chuchu cru. Eu vi a Leila do RJ Sem Censura entevistar uma nutricionista falando sobre salada de Chuchu cru, só que não tinha caido a ficha até ver a sua! Será que passo a perna nos meus filhos e eles vão comer? Se eu conseguir, voce realmente caiu dos ceus. Eu cheroto a Vivian (do Aos 30), a Ana Belmonte (do Bolo com Papel) e Alice (do Mundo de Alice), bom ganhar + amiga da região. Te Linkei la no meu blogue, um abração da Pri (MG)

Téia disse...

Rosane, que linda esta pizza, aff, e ainda de camarão, só pode ser tudo de bom. Ah, vou ver com a minha mãe se ainda vende aquele livro, ela já o tem há muitos anos, foi uma edição única. Caso ainda seja possível, te mando de presente, faço questão, e não aceito negativas, ok? Bj grande.

Carmencita disse...

Sabe que estava mesmo a procura de uma receita de pizza com o fermento instantaneo, pois quando dá vontade de fazer uma, nunca tenho fermento fresco em casa, adorei a receita.Bjss

Rosane Vargas disse...

Fátima, ótima esta tua ideia das alcaparras. Deve ficar muito bom.

Ameixa, eu também sou fá. E esta massa é muito boa.

Priscila, ganhei meu dia com teus elogios!! É muito legal a gente poder conhecer tantas pessoas tão bacanas, só a internet pra proporcionar isso, não é?
Quanto ao chuchu, a salada é muito boa, o gosto é bem diferente do legume cozido.

Téia, aceito o presente com todo carinho.

Abração, gurias!

Paula Pacheco disse...

Rosane,
Este final de semana fiz uma so com abobrinha e fatias de alho fritinhas...ficou ótima, a próxima colocarei o camarão...ótima sugestão.
bjs,
Paula