sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Torta de abobrinha

 Eu sei. Este calor que faz em Porto Alegre não combina com forno. Mas, não sejamos covardes! A torta e uma saladinha verde resultam em uma refeição leve e muito saborosa. Garanto que vale a pena. A receita é da revista Receita Minuto.

Ingredientes para o recheio:
1 colher de sopa de azeite de oliva
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
2 abobrinhas italianas médias cortadas em cubinhos
1 tomate sem sementes cortado em cubinhos
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
sal a gosto

Ingredientes para a massa:
3 ovos caipira
3/4 de xícara de chá de óleo
2 xícaras de leite
1 tablete de caldo de legumes (a receita original pedia caldo de legumes; optei por um envelopinho de Meu Segredo de legumes)
1/2 xícara de chá de amido de milho
1 xícara de farinha de trigo
1 1/2 xícara de farinha de trigo integral
1 colher de sopa de fermento químico
Queijo parmesão para polvilhar

Modo de fazer o recheio:
1. Aqueça o azeite e refogue nele a cebola e o alho. Acrescente o tomate e as abobrinhas. Deixe cozinhar, mas a abobrinha deve ficar firme. 
2. Junte o parmesão e o sal. Misture bem.
3. Desligue e deixe esfriar.

Modo de fazer a massa:
1. Bata no liquidificador os ovos, o óleo, o leito e caldo de legumes.
2. Acrescente o amido de milho e o parmesão e bata novamente.
3. Acrescente a farinha branca e bata.
4. Junte a farinha integral aos poucos, pois, dependendo da farinha, talvez não seja necessário usar toda.
5. Acrescente o fermento, bata e desligue.

Montagem:
1. Unte e enfarinhe uma fôrma ou refratário de tamanho médio. 
2. Coloque metade da massa na fôrma. Espalhe o recheio e cubra com o restante da massa.
6. Salpique o parmesão e leve ao fogo por cerca de 40 minutos ou até que fique bem douradinho. A dica da revista é para não preaquecer o forno se optar por usar um refratário.

6 comentários:

Iliane disse...

muito quente mesmo né?mas..nada que não vale fazer essa torta delicia..amei..bom fim de semana..bjo

Cloaca News disse...

Gostei do teu blog, colega. Vou virar freguês.

Rosane Vargas disse...

Iliane, sempre bom te ver por aqui.

Willians, venha sempre!

Abraços!

Temperos e Desesperos disse...

Guria, que delícia de blog! Descobri por acaso, mas já favoritei. :)

Jorge Ramiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Ramiro disse...

Parece muito fácil de fazer. Eu trabalho em um dos restaurantes em higienópolis e não sabia dele. Vou experimentar e depois eu digo como foi.