sábado, 23 de maio de 2009

Risoto de pinhão

Bah, há quanto tempo, hein? O pobre blog anda meio abandonado, mas não esquecido. Tenho estado muito ocupada. Cozinho, mas não consigo postar. E me surgiu um problema adicional: minha câmera foi pro brejo. Está tirando fotos ruins como a que aparece aí em cima. Mas resolvi colocar logo esta receita, porque é importante aproveitar a safra de pinhão.

Eu adoro pinhão e testei um modo diferente de consumi-lo. Fica muito bom!


Ingredientes:

3 colheres de sopa de azeite de oliva

1 cebola média bem picada
1 xícara de arroz cateto

1/4 xícara de vinho branco seco

sal e pimenta-calabresa a gosto

2 xícaras de pinhões cozidos e cortados (cortei em três cada um, para não ficar muito pequeno)

4 a 5 xícaras caldo de legumes (cozinhe beeeem uma cenoura, meio talo de salsão, duas folhas de louro, um pouco de tomilho seco, sal, uma cebola em uns dois litros de água. Se a preguiça for muita ou o tempo estiver curto, use um tablete de caldo pronto e ferva com uma cebola picada, tomilho e louro; coe e está pronto)
1/4 de pimentão verde corta de cubos

Modo de fazer:

1. Aqueça o azeite e refogue a cebola até ficar macia, mas não dourada.

2. Acrescente o arroz, refogue por uns dois minutos, mexendo sempre. Junte o vinho e mexa até evaporar.
3. Junte duas ou três conchas de caldo, só para cobrir um dedo acima do arroz. Mexa de quando em quando, para não grudar no fundo. Esse movimento é lento; você não está batendo polenta.
4. Não deixe o caldo secar. À medida que for baixando, vá acrescentando mais, aos poucos.

5. Quando o arroz estiver quase al dente, misture o pinhão e o pimentão. Mexa, colocoque o sal e a pimenta. Verifique se os grãos de arroz estão no ponto, desligue e sirva. Não esqueça que o risoto tem que ficar molhadinho, cremoso. O cateto é perfeito, apesar do tempão que a gente fica em frente ao fogão.


Dica 1: é melhor usar uma panela não muito alta.
Dica 2: esta não é um prato para fazer quando se está com pressa, pois o cateto demora para cozinhar.